Alguns tons a menos

            Hoje é o lançamento brasileiro do primeiro e tão comentado  volume da série Cinquenta Tons - Cinquentas Tons de Cinza. Eu já adquiri o meu exemplar e em breve terá resenha aqui no blog e para comemorar esse grande dia , escrevi um pequeno conto inspirado na série , só que ao contrário. Espero que gostem! 



Alguns tons a menos

Jess não sabia que roupa colocar, muito menos como agir quando Ben resolvesse tirar sua parte de baixou e nem queria pensar no momento em que tivessem os dois como vieram ao mundo, no meio da sala onde ela havia aprendido a engatinhar. Após se maquiar, aplicar mais uma camada de gloss aos lábios ela olhou no relógio, era mais de meia noite, seu namorado iria chegar há qualquer momento. – Respire fundo. – Ela mentalizou inúmeras vezes em um intervalo de poucos segundos. A garota estava em completo estado de pânico e ao ouvir o toque do interfone deu um grito de susto. – Por sorte não eram seus pais que tinham voltado de viagem e sim o namorado aflito por uma noite quente.
Ajeitando o vestido e a calcinha que lhe incomodava a virgem hesitou em sair de sua posição estática no meio da sala quando Ben bateu a porta ao entrar, Jess nem tinha notado o buquê de flores que ele carregava nos braços.
- Oi. – Arqueando os lábios ele lhe deu um beijinho de leve na boca, ela se segurou para não dar um espirro. – Rosas! Como ele podia ter trazidos rosas bem naquele dia, o dia em que eles estariam livres do grande “V”. Ben não sabia que ela era alérgica a esse tipo de flor? Bom, pelo menos ela nunca tinha dito e ele nunca a tinha lhe dado flores.
- Você podia tirar essas flores de perto de mim?
 Ben a encarou com surpresa e disse: - Pensei que você fosse gostar.
- Elas são lindas, mas me dão alergia! – Deu um espirro e sentiu que estava ficando toda vermelha.
- Só um minuto. – O namorado correu até a cozinha e jogou as flores dentro da pia,  conferiu em seu bolso de trás pela milésima vez se tinha de fato trazido o pacote de camisinhas sabor morango, deu um suspiro ao coloca-las de volta ao bolso e retornou a sala.
As mãos de ambos suavam. Ben passou a mão nos longos, sedosos e dourados fios de cabelos dela, enquanto Jess mordiscava a nuca dele. When I´m Asleep começou a tocar alto demais, pelo menos a música tinha começado pensou ela se deitando em cima de Ben no sofá que afundou com o peso dos corpos.
- Está quente aqui. E essa cantora está gritando! – Ben reclamou.  Ela quase teve um enfarte quando seu namorado tirou seu vestido pela cabeça, deixando- a apenas de lingerie, quando percebeu, ele já tinha se dado o trabalho de ficar apenas de cueca e meia.
- Você não vai tirar a meia? – Jess disse sutilmente.
- Tira pra mim? – Ele não tinha dito isso! Não, não tinha! Ela fechou os olhos por um momento e se lembrou de todas as vezes que tinha sonhado com aquele momento e em nenhum deles tinha lhe passado pela cabeça tirar as meias de seu namorado próximo do grande ato.
- Não vou tirar! Por favor, não me peça para fazer uma coisa dessas, aliás, eu estou me sentindo ridícula com essa calcinha enfiando no meio do meu traseiro! - Lagrimas escorriam pelos olhos dela borrando toda a maquiagem.  – Não estou pronta Ben. – Jess o olhou com tristeza.
- Ufa! – O namorado se ajeitou no sofá ao lado de sua dama.
- Ufa? – Ela o enviou um olhar confusa.  Transar era tudo o que ele sempre quis, não era?
- Não sabia se você gostava de camisinhas sabor morango. – Ben tirou o pacotinho da calça que estava pelo chão e passou para Jess, cuja ação foi jogar para ele de volta e pedir para que ele nunca mais voltasse a vê-la. Pois uma certeza ela sempre teve na vida: Nunca, em hipótese alguma perderia seu grande “V” com um homem que não respeitasse seus sentimentos.  




Quando Anastasia Steele entrevista o jovem empresário Christian Grey, descobre nele um homem atraente, brilhante e profundamente dominador. Ingênua e inocente, Ana se surpreende ao perceber que, a despeito da enigmática reserva de Grey, está desesperadamente atraída por ele. Incapaz de resistir à beleza discreta, à timidez e ao espírito independente de Ana, Grey admite que também a deseja – mas em seu próprios termos…
O primeiro livro da trilogia de E L James, com mais de 30 milhões de exemplares vendidos em 10 semanas, já está disponível nas livrarias, inclusive em versão digital.
Os outros dois livros da trilogia : Cinquenta tons mais escuros e Cinquenta tons de liberdade serão lançados seguidamente em 15 de setembro e 1° de novembro.


      O livro será adaptado para as telonas com previsão de lançamento para 2014. Os boatos sobre o elenco corre solto. Os maiores cotados para protagonizar essa picante história são : Emma Watson e Ian Somerhalder. - Vamo torcer para que esse boato seja confirmado. 



12 comentários:

  1. Muito bom, não vejo a hora de ler, estou ansiosa :D

    ResponderExcluir
  2. Ainda não me decidi se compro ou não o livro...
    Ótima fic!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia essa obras, apenas de vista...mas parece ser boa. Muito legal que irá para as telonas, tomara que seja bem adaptada.
    Beijinhos!
    http://palomaviricio.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Muito legal e divertida a fanfic! Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Achei engraçada, Má, mas não achei que o final fez muito sentido... Tipo, acho que é mais questão de falta de compatibilidade do que de falta de respeito...O Ben não deixou de respeitar a Jess, se tivesse, ele a teria forçado a algo, saca?
    E dá uma revisadinha que tem uns errinhos ^^
    Tem uma hora que está "alergia" ao invés de "alérgica", e no trecho "ela quase teve um enfarte quando seu namorado tirou seu vestido pela cabeça e ficou apenas de lingerie", você poderia trocar para "tirou seu vestido pela cabeça, deixando-a apenas de lingerie". Do jeito que você colocou, parece que ele é que ficou só de lingerie rsrs
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. thanks mi :) sobre o final ... No caso ela não estava pronta , ela só iria fazer porque ele queria entendeu ? é que um trecho apenas é algo muito aberto.

      Excluir
  6. Muito bom o livro,aborda temas atuais onde os jovens possuem duvidas mas que na maioria das vezes não tem com quem esclarecer.
    Leitura dinâmica,esplêndida,diversificada,e atual, adorei Má, quero muito ler,bjos.

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. Má super divertida ambos não estavam preparados e a coisa toda ficou atrapalhada e no fim foi legal porque ela percebeu que ele era um otário amei!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. estou louca pra ler cinquenta tons de cinza,e sobre a versão do cinema eu tbm espero q os protagonista sejam o ian e emma,formaria um lindo casal (:

    ResponderExcluir
  10. Li os dois primeiros simplesmente adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiii preciso ler agora cinquenta tons de liberdade ja q; e uma sequencia recomendo li em uma semana cada um .

    ResponderExcluir